Tecnologia do Blogger.

Siga-nos por Email

Seguidores

Arquivo do blog

Pesquisar neste blog

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Exumação de vítima encerra cemitério

A exumação do cadáver de Filomena Gonçalves, a idosa assassinada a tiro em 2012, em Coimbra, marcada para amanhã, vai obrigar ao encerramento do Cemitério da Conchada durante seis horas, entre as 08h00 e as 14h00. 


Exumação de vítima encerra cemitério Restos mortais de Filomena Gonçalves, assassinada a tiro, vão ser desenterrados e radiografados. A diligência, realizada no âmbito do julgamento de Ana Saltão, a inspetora da PJ acusada de matar a idosa, avó do marido, está marcada para as 10h00. 

Os restos mortais de Filomena Gonçalves, de 80 anos, vão ser desenterrados e transportados para o Instituto de Medicina Legal para serem radiografados. 

O objetivo da diligência realizada mais de quatro anos após o crime é esclarecer o número de projéteis que atingiram a idosa. A autópsia refere 14, mas os juízes do Supremo Tribunal de Justiça, que ordenaram a repetição do julgamento, ficaram com dúvidas e querem ver a questão esclarecida. 

O exame, que vai ser feito nas instalações do Instituto de Medicina Legal, permitirá localizar balas que eventualmente tenham ficado alojadas no corpo e que a autópsia não tenha detetado. 

Na altura a perícia não foi realizada porque o equipamento estava avariado. Na diligência vão estar presentes os juízes, que vão julgar Ana Saltão, o procurador do Ministério Público, os advogados e também peritos médico-legais. 

A exumação deverá ser morosa, já que, ao contrário do que é habitual, em que se recorre a uma máquina, neste caso os restos mortais vão ser desenterrados manualmente por quatro coveiros. A PSP foi notificada para garantir a segurança de toda a operação.

Fonte: Jornal CM

Eco & Ação

Ecologia

Loading...

Postagens populares

Parceiros